quinta-feira, 16 de março de 2017

Preta


- (...) Mas vai dar tudo certo, tá?! 



Me falou com voz embargada,
mas como se fosse eu quem precisasse de consolo.
 Emanei todo o afeto que pude 
em uma mensagem que ela ainda não recebeu. 
Ei Pretinha, mal te conheço,
 mas meu ombro  também é seu...

Nenhum comentário:

Postar um comentário