segunda-feira, 9 de maio de 2016

Peito em fogo!





Coração maluco, que não bate, pula! 





Transtorna. 




Enlouquece minha cabeça de cachos, 
que não entende nada. 


Só observa e sorri.





 Procuro o toque, não ouso  aproximação.





 Me nego. 



Transgrido meu desejo e me viro do avesso. 









Mantenho aparências.

Fico puta e desespero.


Encontro teus olhos cinza e relaxo






Revelo pra ti 
 você acalma minha ânsia,
 me esbanja risadas, 
me mima feito criança, 
me beija 


 me deixa



pra 
começar 
 tudo 
outra 
     vez.....





 "(...) pressinto como você chega
ligeira
vasculhando a minha tralha
bagunçando a minha cabeça"

Nenhum comentário:

Postar um comentário