segunda-feira, 26 de outubro de 2015

Eu me decomponho emocionalmente todas as vezes que você me pergunta o que tenho. Tiro dos ombros a cruz e te aponto todas as minhas chagas. Você olha e percebo em seu olhar um pouco de medo e talvez até pena, então você sorri e insiste em me convencer que tudo ficará bem, que estamos juntos e tudo que precisamos é permanecer assim. Óbvio que você tem razão, desde que você chegou tudo aos pouco foi tornando-se mais leve. Mas por tantas e tantas vezes, volto a remoer e reviver mentalmente o passado, querendo buscar explicações, gritando, batendo no peito "por que eu?". Esqueço-me do milagre e fecho os olhos para o presente calmo e bonito que vivo e tranco-me no lado mais feio da minha vida. Por quê? Talvez, burrice.
Mas o que esperar de alguém tão cheia de traumas e medos, como eu?
Tenho aprendido, dia após dia, que a maioria das coisas ruins, que penso sobre você são tolices, bobagens imensas que minha mente inventa e eu tento a todo custo, raciocinar e enxergar a verdade. Na maioria das vezes “I win”, outras vezes tropeço, e esse tropeço ocasiona um tombo muito feio. A única coisa que eu imaginaria que não fosse capaz de fazer era te machucar, mas olha a vida esfregando em minha cara o quão monstro eu posso ser. Descontrole.  Eu que sempre tento tomar as rédeas e conduzir pelo caminho que eu quiser, deixei-me levar e agora dói muito mais em mim. Mas claro, nada disso justifica o que fiz, e cheguei a pensar que você nunca me perdoaria e teria toda a razão se não o fizesse, tudo estava a seu favor. Mas você, demonstrando uma paz de espírito imensa, mirando o que podemos ser e preferindo olhar para nossos sonhos, me perdoou. E eu fiquei, tipo“caralho, olha esse cara”, te olhando de queixo caído, admirando o ser humano incrível que você é e a maior demonstração de amor que você estava me oferecendo, assim, de olhos marejados, ansiando por uma resposta positiva e sem me cobrar nada em troca. You're so fucking special / I wish I was special / But I'm a creep…”  :'(

O tempo todo você me fala sorrindo que tudo ficará bem, minimiza e simplifica tudo que te exponho e eu fico pensando “Meu Deus, eu não mereço as pessoas que entram em minha vida”, ao mesmo tempo penso que todos vocês estão aqui para me ensinar a ser melhor, você principalmente, e eu só espero poder oferecer a você, um pouco de todas essas coisas boas que você transborda em mim. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário